Bibliografia

Básica

Os textos abaixo serão parte da leitura obrigatória do curso. Selecionamos sempre recursos livremente disponíveis, e priorizamos publicações acadêmicas abertas, parte de um movimento para a ciência aberta. Veja o cronograma para ver as datas para leitura.

Complementar

Os textos abaixo são referências úteis. Poderão ser incluídas na nossa lista de leituras obrigatórias ao longo do curso.

Distância transacional e presença social

Educação a distância no Brasil

  • ALVES, João Roberto Moreira. História da EAD no Brasil. In: LITTO, Frederic M.; FORMIGA, Marcos (Orgs.). . Educação a distância: O estado da arte. São Paulo: Pearson Education, [S.d.]. p. 9–13. 978-85-7605-197-8.
  • ALEGRIA, João; DUARTE, Rosália. Um sonho, um belo sonho: considerações sobre a gênese das relações entre educação e cinema no Brasil. Rev. Dialogo Educ v. 5, n. 15, p. 11–26 , 2005.
  • DEL BIANCO, Nelia R. Aprendizagem por rádio. In: LITTO, Frederic M.; FORMIGA, Marcos (Orgs.). . Educação a distância: O estado da arte. São Paulo: Pearson Education, [S.d.]. p. 56–64. 978-85-7605-197-8.
  • KAPLÚN, Mario. Processos educativos e canais de comunicação. Comunicação & Educação v. 5, n. 14 , 2008.
  • MELO, José Marques De. Mídia, educação e cultura popular: Notas sobre a revolução sem violência travada em Pernambuco no tempo de Arraes (1960-1964)ID - 1429. Do MEB à WEB: O rádio na educação p. 41–58 , 2010.
  • NEPP. Avaliação comparativa do programa TV Escola. Campinas: UNICAMP, 1999.
  • PALHARES, Roberto. Aprendizagem por correspondência. In: LITTO, Frederic M.; FORMIGA, Marcos (Orgs.). . Educação a distância: O estado da arte. São Paulo: Pearson Education, [S.d.]. p. 48–55. 978-85-7605-197-8.
  • PERUZZO, Cicília M. Krohling. Rádios livres e comunitárias, legislação e educomunicação. Do MEB à WEB: O rádio na educação p. 81–104 , 2010.
  • WATKINSON, James D. “Education for Success”: The International Correspondence Schools of Scranton, Pennsylvania. The Pennsylvania Magazine of History and Biography v. 120, n. 4, p. 343–369 , 1996.

Interação e blended learning